"Edmar Conceição"

Edmar Conceição nasceu em Senhor do Bonfim/Bahia no dia 27 de abril de 1976 e, aos nove anos, ouviu um poeta ambulante  recitar sonetos de amor. Naquele mesmo dia, acreditou que também era escritor e só dormiu depois que fez seu primeiro poema, dedicado à menina de trancinhas de sua escola. Aos vinte anos, o teatro enfeitiçou seus dedos tímidos e passou a se dedicar a dramaturgia que, dentre outras, foram encenados Auto de Caçatinga (1999), Utopias Provisórias (2001), O Grito (2007), Identidades (2008) e Os dramas do Zé da Almerinda (2011). Em 2001 conheceu a alma e o talento poético de Marcos Cesário, e, mais tarde, tiveram belos encontros em forma de crônicas, algumas foram publicadas: Iludidos (2001), O Sono (2011) e, recentemente, A Caminho do Amor (2017). Colabora atualmente com o site www.escrítica.com, por meio de crônicas e ainda acredita que é escritor.